Como foi a reinvenção da Educação Física no novo modelo educacional?




Um dos hábitos mais afetados pela necessidade de distanciamento social, a prática de atividades físicas é essencial para o desenvolvimento integral de crianças e jovens e para a manutenção do bem-estar de todos. No Instituto São José, a disciplina Educação Física se reinventou, tanto durante o período de aulas não presenciais quanto no sistema híbrido, para manter os estudantes motivados e desfrutando de seus benefícios.


“Houve um impacto muito grande na Educação Física, tendo em vista que todos tivemos que nos adaptar, professores, alunos e familiares. Adaptei minhas aulas no modo não presencial de acordo com o tempo, espaço e materiais que os alunos tinham em casa. Utilizamos baldes, garrafinhas, bolinhas de papel, cabos de vassouras e outros para realizarmos as atividades físicas e também usamos jogos on-line para tornar as aulas mais atrativas naquele momento tão difícil”, explica o professor Jorge Ricardo.


A estratégia foi muito bem sucedida e conquistou, inclusive, a adesão dos familiares. Muitos pais participaram das aulas online junto com as crianças, o que contribuiu com a saúde física e a interação familiar. “Isso nos provou que somos capazes de realizar um bom trabalho educacional, mesmo em momentos atípicos. Acredito que tudo isso veio para nos ensinar a valorizar ainda mais a vida e as pessoas queridas”, avalia o docente.


A adoção do modelo de ensino híbrido, que integra os regimes presencial e não presencial, trouxe novas mudanças. “Seguimos rigorosamente todos os protocolos de saúde impostos pelos órgãos responsáveis. Temos testagem frequentemente e o Instituto está todo equipado e higienizado. As aulas são realizadas na quadra esportiva, em ambiente aberto, respeitando o distanciamento e sem uso de materiais coletivos. Os que precisaram permanecer em casa continuam sendo atendidos com videoaulas, sugestões de atividades físicas adaptadas ao ambiente domiciliar e aulas ao vivo. Além disso, também fazemos salas virtuais de jogos on-line promovendo a interação entre os que estão na escola e com os que estão em casa”, conclui Ricardo.

Posts Em Destaque